24 jan 2019 às 07:54 hs |
Líder, Águia se impõe em casa e vence fácil Operário: 3 a 0

Foto: Franz Mendes

A expectativa para o reencontro entre Águia Negra e Operário depois de uma década era grande para ser o jogo mais disputado da segunda rodada do Campeonato Estadual de Mato Grosso do Sul. Mas no gramado do Ninho da Águia, na noite desta quarta-feira (23), o time de Rio Brilhante mostrou o seu favoritismo na competição mais uma vez: venceu o Galo, confuso em campo, por 3 a 0, selando a liderança da competição.

 

Mais uma ótima jornada para o Rubro-Negro, que na estreia atropelou o Sete de Dourados no Morenão por 4 a 0. Ou seja, mais um rodada sem tomar gols para o Águia, que se mostra o time mais consistente da competição, mesmo com o técnico Rodrigo Cascca trabalhando há apenas dez dias.

 

E os 1.106 torcedores de Rio Brilhante que foram ao estádio não demoraram a ter uma noite feliz. Logo aos seis minutos de partida, Pedro recebeu passe enfiado no meio da defesa operariana e concluiu às redes.

 

Aproveitando as falhas do Operário, perdido na marcação, os mandantes ampliaram aos 40 minutos. Em ótima jogada ensaiada, o zagueiro Guilherme aproveitou o rebate dado pelo goleiro e finalizou uma bela armação iniciada por Jonathan, que antes aparecera no segundo pau e exigiu boa participação do arqueiro para tentar evitar o inevitável.

 

Na segunda etapa, cirúrgico, o Águia se poupou diante do forte calor de Rio Brilhante. Inofensivo, o Operário pouco criou. As poucas jogadas armadas eram facilmente inutilizadas pela excelente defesa rubro-negra, bem postada, segura e, quem diria, decisiva. 

 

Eduardo Arroz foi pivô de polêmica na partida e saiu de campo ofendendo rival (Franz Mendes)

 

Aos 43, Sapinho, que entrara no decorrer da etapa final no lugar de Guilherme, fez ligação direta com Gugu. O nome de astro fez valer as estrelas e acertou um forte chute de fora da área para selar a excelente vitória rubro-negra.

 

Do lado operariano, sobrou a cabeça quente. O veterano Eduardo Arroz trocou insultos e empurrões com o insinuante Sapinho e deixou o campo atordoado, continuando o clima quente. “Ele (Sapinho) tem que respeitar. Não adianta vocês (jornalistas) falarem que não esperávamos o resultado. Derrota acontece. Mas ele tem que respeitar. Por isso essas merdas vão jogar para sempre no Mato Grosso do Sul ganhando mil reais”, esbravejou, à rádio ‘Esporte MS’.

 

“Os jogadores mais experientes têm que dar o respeito para a gente respeitar. Eu só acho isso. Ele fala que eu gfanho mil reasi e não sou niognupém. Graças a Deus não sou ninguém, mas venho trabalhando direitinho, de três anos de lesão, graças a Deus o trabalho vem sendo bem feito e estamos conseguindo jogar”, respondeu Sapinho.

 

Protagonistas do segundo tempo, Sapinho e Gugu deixaram o campo tecendo elogios a cascca, apontado como protagonista do ótimo futebol apresentando pelo Rubro-Negro até aqui na competição. O treinador preferiu o caminho da humildade. “Eu sempre falo para eles que é como uma viagem de avião. Não podemos decolar e depois cair. Esses três primeiros jogos são essenciais, o Operário era uma batalha e vamos seguir com humildade e pés no chão. É comemorar hoje e retomar o trabalho amanhã”, disse,

 

Do lado alvinegro, o técnico Arilson disse não ter conversado ainda com o esquentado Eduardo Arroz. Reconheceu o péssimo futebol e adiantou que o trabalho será grande. “Precisamos reagir diante da nossa torcida. Derrotas acontecem, não podemos sentir um resultado aqui. É vida que segue”, disse.

 

RODADA

 

Nos outros jogos que completaram a noite desta quarta, União ABC e Comercial ficaram no empate por 1 a 1, em um Morenão com 234 presentes.

 

O Manda Brasa abriu o placar no primeiro tempo, aos 29. O atacante França, heroi do ano passado, sofreu pênalti, convertido por Léo Mineiro. O rival da Capital empatou na etapa final com o atacante Everton finalizando de fora da área.

 

Em Costa Rica, os mandantes conseguiram o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Sete de Dourados só aos 43 da etapa final, com Miller Thiago.

 

Mais cedo, Aquidauanense e Urso de Mundo Novo ficaram no empate por 1 a 1 no Estádio Noroeste.

 

CONFIRA OS JOGOS DA PRÓXIMA RODADA DO ESTADUAL:

 

DOMINGO (27)
10h – Morenão – Sete de Dourados x União ABC
16h – SERC – Chapadão do Sul x Costa Rica
16h – Morenão – Comercial x Aquidauanense
18h – Ninho da Águia – Águia Negra x Corumbaense
 

O jogo entre Urso x Operário foi adiado pela ainda não liberação do estádio de Mundo Novo

*Colaborou Jones Mário

 

 

Fonte:Correiodoestado

Comentários ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do F5MS Notícias. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.