15 abr 2020 às 07:57 hs |
Prefeitura de Costa Rica deve divulgar novo decreto mais rigoroso na quinta-feira com medidas para prevenção ao coronavírus
Foto: MS Todo Dia

Na live para divulgar o boletim epidemiológico do coronavírus nesta terça-feira (14), o prefeito de Costa Rica Waldeli dos Santos Rosa esclareceu que deve publicar um novo decreto na quinta-feira (16), com medidas mais rigorosas. O município ainda não tem casos confirmados e tem um caso suspeito que está em análise no Laboratório Central em Campo Grande.

Conforme a secretária de Saúde Adriana Tobal, o resultado do exame, que foi encaminhado para a Capital na noite de segunda-feira (13), pode levar de 24 a 72 horas para ser divulgado. O prefeito Waldeli afirmou que discute com a equipe formular e publicar um novo decreto, anulando os decretos já publicados anteriormente das medidas de prevenção ao coronavírus.

A intenção é endurecer as medidas. No caso do comércio, por exemplo, será obrigatório – e não mais apenas recomendado – o uso de máscaras. Isso se aplica ao setor privado e público, aos vendedores em lojas físicas ou os ambulantes, que não serão permitidos de entrarem na cidade se não tiverem máscaras.

Segundo o prefeito, o comércio continuará aberto, mas com as restrições. Também será obrigatório que tenha álcool em gel disponível nos locais, além de uma pia com sabão e toalha, para que os clientes possam lavar as mãos. Sobre o funcionamento das igrejas será mantida a recomendação de que fiquem fechadas, mas as que quiserem funcionar serão obrigadas a garantirem distanciamento entre os membros, além do uso das máscaras.

Para isso, os responsáveis deverão assinar termos de responsabilidade. O tenente Limeira, comandante da Polícia Militar de Costa Rica, falou sobre as barreiras de fiscalização sanitária, que funcionam com apoio dos profissionais do Iagro e bombeiros militares. Ele afirmou que até o momento não houve nenhum caso de pessoa com sintoma que entrou na cidade.

Na barreira é feita aferição da temperatura e os profissionais preenchem uma ficha de cada pessoa, com as informações de onde veio, para análise de possíveis casos de contaminação. O comandante também pontuou que quem desrespeitar os profissionais, desacatar ou desobedecer comete crimes e pode ser responsabilizado.

Populares que acompanhavam a live questionaram sobre denúncias e afirmaram que sabem de pessoas na cidade que não respeitaram o isolamento quando chegaram de viagem. Para isso, a secretária Adriana Tobal apontou o telefone da Vigilância Sanitária (67) 99985-6163 que pode ser utilizado como um canal para esta denúncia, mas é importante que a denúncia tenha fundamento.

Caso uma pessoa que esteja desrespeitando o isolamento social ou a quarentena for identificada, ela será orientada e monitorada. Por fim, o prefeito pediu mais uma vez que a população de Costa Rica se previna e respeite as orientações de medidas sanitárias para evitar a contaminação, uma vez que em várias cidades ao redor já há casos confirmados, como Sonora, Paranaíba, Chapadão do Sul, Alcinópolis e Rio Verde de Mato Grosso.

Ao final da live, a secretária Adriana Tobal ainda relembrou da importância dos cuidados com a Dengue, uma vez que já são quase 180 casos confirmados da doença no município, confirmados com exames, sem contar aqueles em que as pessoas não procuram o tratamento médico. Ela também orientou que quem não estiver se sentindo bem com sintomas de Dengue, que procure o atendimento médico na unidade de saúde e pediu para que a população lembre de cuidar e fazer a limpeza dos quintais.

FONTE: MS TODO DIA

Comentários ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do F5MS Notícias. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.