3 dez 2020 às 07:58 hs |
Promotor diz que atentado contra policiais na fronteira com MS é emboscada de ladrões de gado
 (Foto: Divulgação).

O promotor paraguaio Hernán Mendoza informou que o ataque aos agentes do Geo (Grupo de Operações Especiais (GEO), que deixou um morto e outro ferido, foi orquestrado por ladrões de gado que atuam na Fronteira de Capitán Bado, Departamento de Amambay, na divisa com Coronel Sapucaia, no Mato Grosso do Sul.

Segundo Hernán,  os agentes foram agredidos por desconhecidos na fazenda San Marcos 2, de Sonia González, na cidade paraguaia. Conforme as investigações, na semana passada, nesta mesma propriedade quatro animais foram abatidos clandestinamente.

Ele explicou que devido às características do caso, está descartado que seja uma ação de criminosos ligados ao narcotráfico, como inicialmente apontavam as investigações. Ainda segundo o promotor, o ataque envolveu 9 a 10 pessoas.

Fonte:Midiamax

Comentários ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do F5MS Notícias. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.