8 jan 2020 às 13:35 hs |
“Levando um pedacinho de cada um que doou”, disse voluntário de Nova Andradina em missão na África.

Heitor Honda viajou com destino à Ilha de Bubaque em 29 de dezembro onde permanecerá por cerca de 20 dias

Voluntário de Nova Andradina integra missão humanitária na África  Imagem: Redes Sociais

“Levando um pedacinho de cada um. Aquelas doações que vocês fizeram, um pedacinho de cada um de vocês está indo para ajudar esse povo”, disse José Heitor de Almeida Camargo Honda, de 40 anos, morador de Nova Andradina, quando embarcava com destino à Ilha de Bubaque Província de Guiné Bissal, na região norte da África. 

Através de suas redes sociais,  ele agradece as doações e também relata que enfrentaria 6 horas de mar aberto, em uma embarcação conhecida como “Piroga”, até chegar ao seu destino.

Em outra postagem ele citou, “Dizem que o trabalho missionário é igual a uma gota no oceano, pois, acredito que sem essa gota, o oceano seria menor!!!”, fazendo referência à Madre Tereza de Calcutá.

Cb image default
Durante a missão, vários trabalhos serão realizados junto àquela comunidade, que vive em situação de extrema pobreza – Imagem: Redes Sociais

Heitor viajou no dia 29 de dezembro e ficará cerca de 20 dias na Ilha de Bubaque, Província de Guiné-Bissau, localizada na região norte da África, mais conhecida como “Janela 10×40”, uma das áreas mais pobres do mundo. 

Ele arrecadou diversos donativos para levar em sua viagem e vendeu pizzas promocionais para ajudar no custeio.

Heitor é um dos 32 sul-mato-grossenses e o único de Nova Andradina a fazer parte da Missão Andrews, um instituto de missões e desenvolvimento humano, que busca, através do voluntariado, atender regiões remotas e de baixo recurso no Brasil e em outros países do mundo.

Fonte: Novanews.

Comentários ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do F5MS Notícias. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.