13 jan 2020 às 10:03 hs |
Irmãs siamesas recebem transfusão de sangue e uma bebê sai da “dieta zero”

As meninas, que são ligadas pelo tórax e abdômen, completaram dez dias de vida nesta 2ª feira

Maria Júlia e Luna Vitória nasceram no dia 3 de janeiro, na Santa Casa de Campo Grande. (Foto: Divulgação/Santa Casa)

As irmãs siamesas Maria Júlia e Luna Vitória, que completam dez dias de vida hoje, receberam transfusão de sangue no final de semana por conta de anemia, mas a boa notícia é que uma delas avançou no quesito dieta.

Conforme boletim divulgado nesta segunda-feira (dia 13), uma das crianças está recebendo dieta trófica (pequena quantidade de leite materno). A outra criança prossegue com dieta zero. Antes, as duas meninas eram alimentadas somente de forma parenteral (pela veia).

O quadro das crianças é grave, porém estável. Elas respiram com o auxílio de aparelhos e a equipe médica trocou os antibióticos. Maria Júlia e Luna Vitória permanecem internadas na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Neonatal da Santa Casa. Ainda não há definição sobre procedimento cirúrgico para separar as meninas, que têm o tórax e abdômen interligados, permanecendo abraçadinhas.

As crianças nasceram em 3 de janeiro, com 35 semanas (equivalente a oito meses) e 3,8 quilos. A cirurgia depende da identificação de quais órgãos são compartilhados e do estado de saúde das pacientes. Preliminarmente, já se sabe que as meninas têm pulmões independentes e “indícios de dois corações”.

Fonte: Campograndenews

Comentários ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do F5MS Notícias. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.