12 maio 2021 às 09:18 hs |
Adolescente que matou padrasto forjou cena do crime para alegar legítima defesa

Menor de idade e amiga colocaram faca na mão da vítima e disseram que estavam sendo atacadas

Faca usada no crime foi apreendida pela polícia. (Foto: Direto das Ruas)

Depois de matar o namorado da mãe, identificado como Benedito Souza de Oliveira, de 59 anos, adolescente de 13 anos forjou cena do crime para fortalecer tese de que teria esfaqueado a vítima em legítima defesa. No entanto, investigações da polícia e depoimento das vítimas colocaram em cheque a versão da garota, apreendida no último domingo (9), em Rio Verde.

De acordo com a polícia, equipe da perícia encontrou Benedito segurando uma faca, no entanto, técnicos analisaram que a lâmina do objeto estava voltava para a palma da mão, em uma posição pouco provável de alguém que estivesse em ponto de ataque.

Em depoimento, a mãe da adolescente contou que o namorado não portava nenhuma faca no momento da discussão Também afirmou que ter ouvido uma segunda envolvida no crime, de 19 anos,  gritar “enfia a faca nele”.

Para a polícia, é claro que a menor de idade e a jovem tinham a intenção de matar Benedito. “A menor de idade desferiu a facada, mas é evidente a participação da jovem, que instigou a adolescente, já embriagada, a matar”, explica o delegado Gabriel Cardoso Gonçalves Barroso, responsável pelo caso.

Conforme o que já foi apurado, cada uma das suspeitas estava com uma faca. Depois de a vítima ser morta, um dos objetos foi colocado junto ao corpo. À polícia, a garota afirma que enfrentou Benetido para defender a mãe de agressões e ameaças.

Durante a investigação, os policiais encontraram roupas da vítima, uma bicicleta com manchas de sangue e duas facas, uma delas suja com o sangue do homem. As pessoas que esconderam a arma do crime também estão sendo investigadas. A jovem de 19 anos foi presa preventivamente, a polícia também solicitou medida de internação da adolescente.

Um outro rapaz, de 17 anos, também foi autuado pelo crime de autoacusação falsa, o adolescente mentiu sobre ser o autor do crime para livrar a garota de 13 anos.

  • CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS
Comentários ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do F5MS Notícias. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.