8 jul 2019 às 06:24 hs |
Segunda terá mínima de 3°C em MS e possibilidade de geada em algumas regiões

 (Foto: Coclimet).

A segunda-feira (8) deve amanhecer com céu claro, podendo chegar a parcialmente nublado no decorrer do dia, e apresentar baixa umidade do ar na parte da tarde. De acordo com o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), há chance de geada na região sul, em cidades como Ivinhema, e também na Serra de Maracaju.

Ainda assim, as temperaturas já começam a ensaiar leve alta. A mínima deverá ser de 3°C, mas a máxima pode alcançar os 28°C, em diferentes regiões. Mas, nada de guardar os casacos. Em Campo Grande, os termômetros ainda devem registrar 8°C e máxima não deve passar de 23°C. O céu deverá estar claro, podendo chegar a parcialmente nublado, com baixa umidade do ar à tarde, no índice de 25%.

Já na região centro-norte, a mínima será de 10°C e a máxima de 28°C. O céu deverá ficar entre claro e parcialmente nublado e a umidade do ar também cai à tarde, chegando a 25%. A tendência é a mesma também na região do Bolsão, onde a mínima será de 6°C e a máxima de 25°C.

Na região do Pantanal, a mínima será de 8°C e a máxima de 26°C. Na fronteira sul e sudoeste, a mínima será a mais baixa do Estado nesta segunda, com cerca de 3°C. A máxima atinge os 24°C. Tanto no Pantanal como na fronteira, o céu varia de claro a parcialmente nublado, com tempo seco durante a tarde.

O fenômeno da geada pode ocorrer no extremo sul do Estado, em cidades como Ivinhema, a cerca de 290 km de Campo Grande, assim como em áreas de baixada no leste e também no sul da Serra de Maracaju, conforme adiantou o Inmet.

Nos demais dias, a temperatura mínima se eleva, deixando o frio intenso dos últimos dias para trás e não há possibilidade de chuva ou tempo nublado pelo menos até a quinta-feira (11). A baixa umidade do ar permanece, acendendo mais uma vez o sinal de alerta para problemas respiratórios e desconfortos.

A propósito, de acordo com o Inmet, é o tempo seco que favorece temperaturas baixas durante a noite e madrugada e elevação rápida durante o dia, quando o sol aparece entre poucas nuvens. Com índices abaixo de 30%, os problemas respiratórios e desconfortos crescem. Portanto, a dica é aumentar a hidratação e procurar atendimento médico nos casos pertinentes.

Fonte:Midiamax

Comentários ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do F5MS Notícias. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.