16 mar 2020 às 07:52 hs |
Laboratório Central de Saúde Pública de MS fará testes para o novo coronavírus
Foto: Arquivo/SES-MS

O Laboratório Central de Mato Groso do Sul (Lacen/MS), vai iniciar, nos próximos dias, os exames específicos para o novo coronavírus (2019-nCOV) que atualmente são realizados pelo Instituto Adolfo Lutz (IAL), em São Paulo.  Para tanto, na segunda-feira, (09.03), o Ministério da Saúde enviou 10 kits que possibilitam a realização de 240 testes.

Na sexta-feira (13.03) a bioquímica Gislene Lichs, do Lacen/MS, onde fará um treinamento de dois dias na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), situada no Rio de Janeiro, sobre os procedimentos técnicos utilizados nos testes do coronavírus. Até o momento, o Laboratório Central de MS realiza exames para oito tipos de vírus respiratórios, entre eles o da Influenza.

Com a habilitação para o diagnóstico do coronavírus, não haverá necessidade de, após os testes no Estado, enviar as amostras para São Paulo, o que irá garantir mais agilidade no conhecimento dos resultados em casos suspeitos da nova doença.

Material genético

O exame para o novo coronavírus é um teste de biologia molecular que identifica o material genético do vírus. A cada rodada, com cerca de 30 testes ao mesmo tempo, são utilizados um exemplar positivo e o outro negativo para controle. Na análise o laboratório utiliza amostras de secreções das vias respiratórias (do nariz e garganta). Esses materiais são coletados das pessoas com a suspeita da doença com o uso de swabs, um tipo hastes longas de plástico com algodões em suas pontas, ou aspirados por sonda.

Texto: Ricardo Minella/ site do SES/MS

Comentários ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do F5MS Notícias. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.