30 jan 2018 às 22:02 hs |
Boletim aponta novo caso de febre amarela em investigação no Estado

Mato Grosso do Sul tem dois casos de pacientes com suspeita de febre amarela em investigação. Boletim divulgado nesta terça-feira (30) pelo Ministério da Saúde aponta um caso a mais em relação aos números da semana passada.

 

De acordo com o documento, foram cinco notificações no Estado até agora, três casos foram descartados e dois permanecem sob investigação. A reportagem tentou contato com a SES (Secretaria de Estado de Saúde) para mais detalhes sobre a cidade do novo paciente suspeito de contrair a doença, mas não houve retorno.

 

No país, em uma semana, os casos aumentaram consideravelmente. Até a última terça-feira (23) eram 601 notificações nos estados e apenas 130 casos confirmados, resultando em 53 mortes.

 

Os números divulgados hoje revelam 1.080 notificações, 213 casos confirmados e 81 mortes no Brasil.

 

Contágio

 

A contaminação ocorre quando um ser humano ou um primata é picado pelo mosquito transmissor da doença, Haemagogus, para febre amarela silvestre, e Aedes aegypti, para febre amarela urbana.

 

O ciclo da doença ocorre da seguinte maneira: na fase inicial, há ocorrência de dores de cabeça, febre, perda de apetite, náuseas e vômito e dores musculares, principalmente na região das costas.

 

Na fase tóxica, os sintomas são agravados e podem ser registrados sintomas febres altas, amarelamento de pele e olhos, sangramento da boca, nariz, olhos e estômagos, vômitos, órgão como fígado e rins são comprometidos, dores abdominais e escurecimento da urina.

 

Fonte:Midiamax

Comentários ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do F5MS Notícias. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.