28 out 2019 às 08:16 hs |
Audiência pública vai discutir novos rumos da UEMS Coxim nesta segunda

A Prefeitura Municipal e Câmara Municipal de Coxim convidam a população para  a audiência pública de discussão para novos rumos da UEMS Coxim, nesta segunda-feira (dia 28 de outubro), às 19h, na Câmara Municipal. Em pauta, a reestruturação e a possibilidade da abertura de novos cursos na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), unidade de Coxim.

A Unidade Universitária de Coxim atualmente oferta duas graduações: Ciências Biológicas (Licenciatura) e Gestão Ambiental (Bacharelado). A audiência é aberta ao público e será no Plenário da Câmara Municipal, localizado na Rua João Pessoa, nº 130 – Centro de Coxim.

O prefeito Aluizio São José fala da importância da participação popular nesta construção: “A UEMS é uma das instituições integram o polo educacional de Coxim na região Norte de MS, assim como as outras instituições, fundamentais para o desenvolvimento de nossa cidade e região. É importante o debate, uma vez que os atuais cursos já se consolidaram há duas décadas e há pleitos por novas possibilidades, além da manutenção do curso de Ciências Biológicas, devido a proximidade do Pantanal.  Espero que isso possa representar o diálogo para construirmos juntos esse sonho tendo o município como ente apoiador dessa demanda”.

O vereador Vladimir Ferreira disse da importância da UEMS reforça o convite: “Quantos profissionais foram formados aqui ao longo de 25 anos. É de fundamental importância o estabelecimento das instituições de ensino públicas em Coxim. Um terço da população de Coxim está matriculada, seja nas instituições superiores, nas de ensino médio, fundamental e infantil e isso precisa ter continuidade. Por isso teremos a oportunidade de ouvir a proposta da nova reitoria e a comunidade em uma audiência pública no dia 28 de outubro na Câmara Municipal”.

Fonte: Fabio Pellegrini- DRT/MS 116-06

Comentários ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do F5MS Notícias. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.