13 maio 2019 às 12:59 hs |
Inmet alerta para chuvas intensas em 55 cidades em MS entre elas Coxim

Foto: Minamar Júnior/Jornal Midiamax

Pelo menos 55 cidades de Mato Grosso do Sul entraram em atenção, após o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) alertar para a possibilidade de chuvas intensas na tarde desta segunda-feira (13). Conforme o instituto, o alerta começa a ser válido a partir das 12 horas e seguem até às 9h desta terça, com as chuvas podendo chegar a 50 milímetros no dia, causando rajadas de ventos de até 60 km/h. Confira as cidades:

Alcinópolis, Água Clara, Anaurilândia, Angélica, Aparecida do Taboado, Aquidauana, Bandeirantes, Bataguassu, Batayporã, Brasilândia, Camapuã, Campo Grande, Cassilândia, Chapadão do Sul, Corguinho, Corumbá, Costa Rica, Coxim, Deodápolis, Dois Irmãos do Buriti, Douradina, Dourados, Eldorado, Figueirão, Fátima do Sul, Glória de Dourados, Iguatemi, Inocência, Itaquiraí, Ivinhema, Japorã, Jaraguari, Jateí, Juti, Mundo Novo, Naviraí, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Paranaíba, Paraíso das Águas, Pedro Gomes, Ribas do Rio Pardo, Rio Brilhante, Rio Negro, Rio Verde de Mato Grosso, Rochedo, Santa Rita do Pardo, Selvíria, Sidrolândia, Sonora, São Gabriel do Oeste, Taquarussu, Terenos, Três Lagoas e Vicentina.

O Inmet orienta os moradores que, em caso de rajadas de vento não se abrigue debaixo de árvores, pois há leve risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda.

Além disso, evite usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada e para mais informações, os moradores devem ligar na Defesa Civil (telefone 199) ou no Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Frente fria

Uma onda de frio e com a possibilidade de chuvas deve passar pelo Estado nesta semana, após previsão feita pelo Inmet. A primeira onda deve derrubar as temperaturas e a mínima podem chegar aos 15° graus.

Fonte:Midiamax

Comentários ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do F5MS Notícias. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.