22 out 2020 às 14:49 hs |
Forças Armadas distribui tonelada de alimentos para animais afetados por queimadas no Pantanal
(Foto: Divulgação)

A FAB (Forças Armadas Brasileira) divulgou, nesta quarta-feira (21), que distribuiu uma nova remessa de alimento em regiões do Pantanal de Mato Grosso do Sul, para ajudar animais que foram afetados pelas queimadas. Uma tonelada de legumes, frutas, verduras e carne foram deixadas nas regiões.

Conforme equipe, o transporte foi feito pelo Esquadrão Pelicano com ajuda de médicos veterinários do CRMS-MS (Conselho Regional de Medicina Veterinária e Zootecnia de MS). A distribuição foi feita nas regiões do Parque Estadual das Nascentes do Taquari, localizado em Alcinópolis e Serra do Amolar, em Corumbá.

“É uma missão que nos engrandece como seres humanos, pois estamos colaborando de alguma maneira para a recuperação da natureza e esta é uma oportunidade única que o fato de pertencer a uma Unidade de Busca e Salvamento nos oferece”, disse o Tenente Aviador Luís Fernando Chuaste do Amaral.

Conforme o presidente do conselho de veterinária, Rodrigo Bordin Piva, o apoio auxilia na chegada de locais de difícil acesso e que animais possam estar sem refúgio.

“São áreas consideradas como rotas de fuga de animais, em pelo menos três dessas áreas não é possível o acesso terrestre ou aquaviário. Em outros pontos tal operação poderia demorar até dois meses para conseguir chegar”, declarou.

Durante a operação, uma cutia foi resgatada com queimaduras nas patas e levado ao Cras (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres), de Campo Grande.

Alívio nas queimadas

Com a chuvas registradas nos últimos dias, alguns focos de calor foram dispersos e parte da equipe de apoio de Santa Catarina e do Paraná foram liberadas.

Embora a diminuição de incêndios, brigadistas permanecem nas bases monitorando as regiões.

Fonte:Midiamax

Comentários ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do F5MS Notícias. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.