20 jan 2021 às 12:23 hs |
Com chuvas acima da média, Defesa Civil monitora situação em 3 cidades de MS
 (Foto: Reprodução)

As chuvas acima da média já fizeram Nioaque, a 187 km de Campo Grande, decretar situação de emergência após o nível do rio que leva o nome da cidade subir e invadir casas de ribeirinhos. Além disso, a Defesa Civil de Mato Grosso do Sul deixou outros três municípios em estado de observação: Coxim, Miranda e Bonito.

Essas três cidades são cortadas por rios e têm histórico de alagamentos devido às cheias e, por isso, o governo monitora esses locais. Já foi emitido alerta para a população que reside em locais próximos aos rios.

A principal orientação da Defesa Civil é não esperar que a água ofereça risco as famílias. “Se a água começar a invadir a residência, é importante buscar abrigo imediatamente e entrar em contato com a Defesa Civil municipal. A vida é prioridade. Bens materiais podem ser recuperados”, pontua o coordenador da Defesa Civil em MS, subtenente Valter Antunes.

Muita chuva em MS

Somente em Nioaque, foram registrados 523 milímetros de chuva em sete dias, cerca de 4x o esperado para todo o mês de janeiro no município, segundo informou o prefeito Valdir Júnior (PSDB).

Ainda conforme o prefeito, o nível do Rio Nioaque já baixou cerca de 5 metros. Porém, a cidade continua em alerta. “As equipes da prefeitura estão nas ruas levantando se houve mais estragos. Mas o solo está encharcado e há previsão de mais chuva”, completou.

Boletim do Climatempo mostra que o estado de Mato Grosso do Sul vem recebendo grandes volumes de chuva desde o início desta semana. Somente no começo da madrugada desta quarta-feira (20), a região de Miranda acumulou cerca de 45 mm em apenas 2 horas.

Fonte:Midiamax

Comentários ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do F5MS Notícias. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.