8 out 2019 às 08:04 hs |
CAMAPUENSE TREINA NA BR E SONHA COM TOP 100 NA SÃO SILVESTRE

Altemar Matos – Foto: Facebook

Realizada anualmente na cidade de São Paulo no dia 31 de dezembro, a Corrida Internacional de São Silvestre, que leva este nome em homenagem ao santo, é uma prova disputada por cerca de 30 mil pessoas, sendo a corrida mais tradicional e famosa do Brasil e da América do Sul. Dentre os milhares de participantes, um camapuense pretende se destacar na edição deste ano. O corredor Altemar Aparecido da Silva Matos, treina todos os domingos na rodovia BR-060, e almeja ficar no top 100 de sua categoria.

Popularmente conhecido em Camapuã (MS) como Altemar Cabeleireiro, pois há décadas possui um salão de beleza na principal avenida do município, Altemar começou a correr há poucos anos em pequenas distâncias, e agora, participa de diversas provas na sua categoria, acima de 50 anos. Além do atletismo, o cabeleireiro pratica futebol, futsal, futebol de sete e frequenta a academia semanalmente para manter a forma física.

O atleta participa de provas que acontecem em Mato Grosso do Sul, e busca competir nos eventos para manter o bom desempenho. Recentemente, na Maratona de Campo Grande 2019 que aconteceu no Autódromo Internacional, e teve o percurso tradicional de uma maratona com 42 quilômetros e 195 metros, o corredor conquistou o 3º lugar, garantindo mais uma medalha para a coleção que ele guarda com carinho em sua casa.

Medalhas conquistadas pelo esportista – Foto: arquivo pessoal

Mesmo participando de competições durante o ano inteiro, o camapuense revela que seu foco está na prova do final do ano. “Meu alvo é a São Silvestre, tenho o objetivo de ficar entre os top 100 da minha categoria, e espero representar bem minha cidade e meu estado, vou até levar uma faixa para homenagear Mato Grosso do Sul e Camapuã”.

São Silvestre

A prova que começou em 1925 com uma distância de 8,8 km, só foi ter a participação das mulheres em 1975, quando a partir deste marco, a competição passou a ser mista. Atualmente, a prova conta com um percurso de 15 km pelo centro da capital paulista e reúne cerca de 30 mil competidores.

Podendo apenas participar brasileiros natos, o primeiro vencedor da competição foi o jogador de futebol Alfredo Gomes, que completou o percurso em 33min 21s. Nos anos seguintes, a inscrição foi permitida a estrangeiros morando no Brasil, o que permitiu ao italiano Heitor Blasi, radicado em São Paulo, ser convidado a disputá-la e vencer duas das primeiras edições da prova, em 1927 e 1929.

O maior vencedor, e também recordista da prova, é o queniano Paul Tergat com cinco vitórias e, entre as mulheres, a portuguesa Rosa Mota, que com seis vitórias consecutivas nos anos 1980 é a maior vencedora geral. Entre os brasileiros, o título fica com Marílson Gomes dos Santos, com três vitórias

Fonte:Infocoms.

Comentários ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do F5MS Notícias. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.