16 jun 2021 às 08:34 hs |
Prefeito apresenta projeto do Centro de Hemodiálise a Geraldo Resende, que anuncia mais dois leitos de UTI ao Hospital Regional

Nesta terça-feira (15) foi apresentado ao Secretário Estadual de Saúde Geraldo Resende, o projeto do Centro de Hemodiálise que será implantado no Hospital Regional Álvaro Fontoura em Coxim. Na oportunidade o secretário anunciou a instalação de mais dois leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) no HR.

Acompanhado do Vice-Prefeito Flávio Dias, da Secretária de Saúde Lasalette Bell e do Diretor do Hospital Regional Devanir Júnior, o Prefeito Edilson Magro foi até a capital para apresentar o projeto do Centro de Hemodiálise, que prevê capacidade para 20 máquinas para pacientes sem sorologia, podendo atender até 80 pacientes em dois turnos e caso seja realizado um terceiro turno esse atendimento pode chegar a até 120 pacientes. No projeto existe também máquinas para atender pacientes com hepatite.

O Centro de Hemodiálise foi idealizado em 2019 pelo secretário estadual de saúde Geraldo Resende que aproveitou a reunião de apresentação do projeto, para anunciar mais dois leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para atender pacientes do Hospital Regional.

“Estamos felizes por saber que o Governo do Estado trabalha junto com a nossa administração, esse bom relacionamento já está rendendo coisas boas para Coxim. Reforçamos o pedido do Centro de Hemodiálise quando o governador esteve aqui em Coxim junto com Secretário Eduardo Riedel na edição do ‘Governo Presente e Municipalista’ e estamos sendo atendidos. Quem ganha é a população, principalmente quem faz tratamento. É Coxim se fortalecendo como a capital do Norte”. Destacou o prefeito Edilson Magro.

Para Lasalette Bell, o secretário estadual de saúde Geraldo Rezende tem dado atenção à saúde pública de Coxim: “o dr. Geraldo sempre olhou Coxim com carinho, sempre atento as nossas necessidades vem atendendo as nossas demandas. Sou grata pelo que ele tem feito pela saúde pública de Coxim e da região norte, pois o nosso hospital está se tornando cada vez mais referência na região”. Disse a secretária municipal de Saúde.

O projeto do Centro de Hemodiálise foi protocolado na Vigilância Sanitária do Estado, com o memorial descritivo, a proposta assistencial e o relatório técnico. O Governo do Estado tem um prazo de até 60 dias dar um parecer técnico se é preciso fazer alguma modificação ou dar aprovação, para então, haver o aporte financeiro para dar início a obra de construção.

No início do mês, o governador Reinaldo Azambuja se comprometeu em construir o Centro de Hemodiálise, durante sua vinda ao município no Programa Governo Presente e Municipalista.

 Fonte: AssCom/Augusto Marques

Comentários ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do F5MS Notícias. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.