23 mar 2021 às 09:12 hs |
Jornalista perde família para o Covid-19 e redação revive luto
Subeditora do Correio do Estado perdeu pais e irmão para o coronavírus. Em fevereiro redação já havia perdido o repórter fotográfico, Valdenir Rezende

Exaustos da cobertura diária do estrago que coronavírus tem feito no mundo, mas sem opção, profissional da comunicação tem sofrido ou luto dentro das próprias redações. Na última semana, um jornalista e subeditora do Correio do Estado, perdeu os pais e o único irmão para a doença.

No final de fevereiro a redação já vivia o luto do repórter fotográfico, Valdenir Rezende que também perdeu a vida para o vírus. 

Profissional da área por décadas e referência no fotojornalismo sul-mato-grossense, Valdenir, de apenas 55 anos ficou internado por 35 dias na Unimed, mas foi vencido pela doença em 28 de fevereiro. Ele deixa  dois filhos, que segue a profissão do pai, no mesmo veículo.

Na última semana, a doença que não escolhe profissão, cor, classe ou religião, voltou a dar as caras na redação. Subeditora de economia,  Súzan Benites perdeu a mãe, Roseneide Nara, o irmão único, Rafael Benites e o pai, Atanacildo Nara, seu “Tanaka“.

Suzan e a família seguiam como medidas de biossegurança a risca, desde o início da pandemia. – Reprodução facebook.

“Este lar era feito de quatro colunas que sustentavam um teto. Em uma semana, três colunas foram arrancadas sem nenhum aviso prévio. Eu me pergunto: como uma única coluna vai sustentar este teto?”

“Não existe lição, compreensão ou justificativa para um sofrimento tão grande. Há 15 dias, eu tinha um lar de muito amor, parceria, cumplicidade, planos, projetos, e hoje eu tenho nada. A única certeza que eu tenho é que fomos muito felizes juntos e seremos nós quatro para toda a eternidade “, escreveu Suzan, em sua página no Facebook.

Assim como os pais, ela também teve Covid. Seu Tanaka apresentou os primeiros sintomas no final de fevereiro, mas só realizou o teste três dias depois, dia 1 ° de março junto com o filho Rafael Benites de 34 anos. 

O resultado dos dois deu positivo, então jornalista, a mãe e o namorado também o jornalista Bruno Nascimento, de 34 anos, decidiram fazer o teste que deu o mesmo resultado. “Estamos há um ano saindo apenas para trabalhar e ir ao mercado, ninguém entrava aqui além do Bruno, até agora não sei onde pegamos esse vírus, foi tudo muito rápido“, revelou. 

Súzan Benites perdeu a mãe, no último dia 12. Três dias depois, morreu o único irmão, Rafael Benites. Na madrugada deste sábado (20), ela despediu-se do pai, Atanacildo Nara. 

“Eu ficava me perguntando como ia contar ao meu irmão que a mãe havia falecido e ai recebi a notícia que ele também tinha ido, foi um choque, o boletim dele estava normal“, contou. 

“Eu pedi para o meu pai não me deixar, que eu estava sozinha e só tinha ele, mas o médico me disse que ele estava sofrendo, então eu falei que ele podia ir em paz encontrar nossa família que eu ia ficar bem, bilhar depois o telefone tocou, mas hoje estou feliz que pude me despedir dele “.

Há uma semana Suzan já não sente mais os sintomas da doença, sentindo apenas o cansaço, sequela recorrente em pacientes cobertos. 

Bruno teve alta neste domingo (21). – Reprodução facebook.

O namorado Bruno teve alta neste domingo (21) após 11 dias internado com a doença. “Minha grande alegria no dia de hoje. Meu amor Bruno teve alta hoje graças a Deus. Com ele aqui tudo fica menos pesado “. 

Fonte: Correio do Estado

Comentários ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do F5MS Notícias. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.