7 jun 2021 às 15:57 hs |
Semana será de chuva e frio em Mato Grosso do Sul
Frente fria deve chegar na Capital a partir de quinta-feira

A previsão do tempo para esta semana é de chuva e temperaturas amenas em Mato Grosso do Sul, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) e Somar Meteorologia.

Uma frente fria, vinda do Rio Grande do Sul, já está no sul de Mato Grosso do Sul. O Inmet emitiu alerta de temporais para 30 municípios das regiões sul, sudoeste e pantanal. Pode haver chuvas de até 50mm, granizo e ventos de 40-60 km / h.

Campo Grande amanheceu com céu nublado e tempo abafado nesta segunda-feira (7) e deve continuar assim no restante do dia. A frente fria deve chegar na Capital apenas na próxima quinta-feira (10).

Hoje, a umidade relativa do ar deve variar entre 30% e 70%. O ideal é de 40% a 70%, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

O meteorologista Natálio Abrahão explica ao  Correio do Estado  que uma frente fria chegou no Rio Grande do Sul no sábado (5), se deslocou para Santa Catarina e Paraná no fim de semana e atinge o sul de Mato Grosso do Sul nesta segunda.

“Haverá aumento de nuvens, ventos de 45km / muita nebulosidade. Mas só vai conduzido entre Dourados, Amambaí e Sete Quedas. Na terça-feira essa frente chega a Campo Grande ”, afirma.

“Portanto, na segunda-feira, terça-feira e quarta-feira há chances de nuvens e chuva no Centro -Sul do estado”, acrescenta.

Recomendações em casos de tempo adverso, segundo o CEMTEC

  • Em caso de chuva : não enfrentar pontos de alagamento ou enxurradas; procurar rotas alternativas no trânsito e dirigir devagar;
  • Em caso de raio : evitar locais abertos; não ficar debaixo de árvores; não ficar próximo a cercas de metal; ficar calçado e desligar eletroeletrônicos da tomada;
  • Em caso de granizo : deve-se tomar cuidado no deslocamento após a chuva de granizo, pois o chão fica escorregadio.

Outono

A estação do Outono é marcada pela perda de folhas em árvores. 

Possui características como dias menores e noites maiores, temperatura e umidade relativa do ar mais baixas em relação ao verão, aumento da incidência de ventos e aparecimento de frutas em plantas.

O outono nunca ocorre ao mesmo tempo nos dois hemisférios. Se no Sul é outono, no Norte é primavera. O mesmo ocorre para as estações do verão e inverno. 

De acordo com um especialista em meteorologia do Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima (Cemtec), Franciane Rodrigues, na estação do outono as chuvas começam a reduzir no interior do país e como primeiros impulsões de massa de ar frio, que provocam declínio das temperaturas do ar.

“A previsão para o outono 2021 indica uma probabilidade das chuvas ocorrerem perto e ligeiramente abaixo da média esperada para o Mato Grosso do Sul”.

Assine o Correio do Estado 

spinner-noticia
Sul-mato-grossenses podem tirar os casacos do guarda-roupa – Valdenir Rezende

Fonte: Correio do Estado

Comentários ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do F5MS Notícias. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.