8 nov 2017 às 21:49 hs |
PMA autua fazendeiro em R$ 15 mil por drenar lagoa em Área de Proteção

A PMA (Polícia Militar Ambiental) autuou um proprietário rural em R$ 15 mil por drenar uma lagoa natural dentro de uma Área de Proteção Ambiental A PMA (Polícia Militar Ambiental) autuou um proprietário rural em R$ 15 mil por drenar uma lagoa natural dentro de uma Área de Proteção Ambiental Federal em Batayporã, cidade a 308 quilômetros de Campo Grande.Federal em Batayporã, cidade a 308 quilômetros de Campo Grande.

 

A lagoa foi localizada quando uma equipe realizava fiscalização em uma propriedade rural, localizada a 15 km da cidade hoje (8).

 

Segundo a PMA, o fazendeiro escavou um dreno para secar a lagoa natural, em sua propriedade, que fica dentro de uma Unidade de Conservação Federal denominada Ilhas e Várzeas do Ivinhema.

 

O infrator de 62 anos, residente em Nova Andradina, foi autuado administrativamente por danificar área considerada de preservação permanente (matas ciliares) e foi multado em R$ 15 mil. Ele também responderá por crime ambiental e poderá pegar pena de detenção de um a três anos.

 

As atividades foram interditadas e o proprietário rural foi notificado a realizar um Plano de Recuperação de Áreas Degradadas e Alteradas (PRADA), junto ao órgão ambiental.

 

Fonte:Midiamax

Comentários ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do F5MS Notícias. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.