15 jun 2020 às 16:57 hs |
Após três meses no Brasil, Neymar volta a Paris e deve passar por nova quarentena

Jogador vai ficar uma semana em isolamento antes de se reapresentar ao Paris Saint-Germain

Após quase três meses confinado no Brasil, Neymar antecipou seu retorno e está de volta à França. O craque brasileiro deixou a sua casa em Mangaratiba, no Rio, e desembarcou em Paris neste sábado. Agora, Neymar, que está de férias, deve cumprir uma nova quarentena. A tendência é que ele fique uma semana em isolamento em sua casa antes de se reapresentar ao Paris Saint-Germain, conforme recomendou o clube aos jogadores do elenco que chegam de outros países. O clube francês deve retomar as atividades no dia 22 de junho.

Além de Neymar, outros atletas como os brasileiros, Thiago Silva e Marquinhos, o costa-riquenho Keylor Navas e o uruguaio Cavani, que passaram o período de isolamento em seus países de origem, terão de ficar em quarentena antes de voltarem aos treinos.

O atacante ficou três meses, confinado em sua mansão em Mangaratiba, no litoral sul do Rio de Janeiro. Lá, realizou atividades físicas diárias sob orientação do seu preparador físico pessoal, Ricardo Rosa, e ficou um tempo com a família.

Neymar e o Paris Saint-Germain entraram em campo pela última vez no dia 11 de março, quando a equipe parisiense derrotou o Borussia Dortmund por 2 a 0, avançando às quartas de final da Liga dos Campeões. Depois disso, com a eclosão da pandemia do novo coronavírus, o atacante veio para o Brasil.

O Campeonato Francês foi encerrado precocemente e o PSG, declarado campeão. Assim, restam três competições para a equipe de Paris disputar nesta temporada: as finais da Copa da Liga Francesa e da Copa da França, contra Lyon e Saint-Étienne, respectivamente, e a reta final da Liga dos Campeões, que é o foco principal. O torneio deve ser reiniciado em agosto, sem torcida e possivelmente com jogos em um único estádio neutro.

Fonte: Correiodoestado

Comentários ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do F5MS Notícias. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.